» » Alguns exemplos de usos de transdutores

Alguns exemplos de usos de transdutores

Antes de estudar os diversos tipos de transdutores e como funcionam, será útil você lembrar dois exemplos simples dos usos de um transdutor.

A Figura 1 mostra um esquema simplificado de um sistema de temperatura controlada. Neste desenho, a área aquecida deve ser mantida a uma temperatura constante. Um transdutor é inserido na área aquecida e ligado num circuito ponte. Qualquer alteração da temperatura dentro da área aquecida irá causar uma alteração na resistência do transdutor. Isto, por sua vez, irá produzir um sinal de saída no circuito ponte.
O sinal de saída no circuito ponte é levado a um amplificador que serve para duas finalidades: o amplificador aumenta o sinal da ponte; modifica também o sinal de modo que pode ser usado para operar o circuito de controle. O circuito de controle possui duas entradas: uma entrada no amplificador e outra em corrente alternada para operar o aquecedor na área aquecida. A potência para o aquecedor é ligada e desligada pelo circuito de controle.

Figura 1

Iremos iniciar com a premissa de que a área aquecida está exatamente na temperatura correta e o aquecedor está desligado. Vamos agora supor que a temperatura comece a cair. Isto altera o sinal de saída do transdutor e reduz o sinal do circuito ponte, O amplificador aumenta o sinal de modo que possa ser usado para ligar o circuito de controle. O circuito de controle fornece energia alternada ao aquecedor. O aquecedor eleva a temperatura da área aquecida de volta para a temperatura desejada. Tão logo a temperatura desejada seja atingida, a saída do transdutor volta ao normal e o amplificador não faz mais o circuito de controle enviar energia para o aquecedor.

A saída de potência do transdutor é muito pequena para ser usada para operar diretamente o circuito de controle. Esta é a razão por que é necessário um amplificador no sistema.

Na última seção você viu dois tipos de transdutores. Aqueles que produzem a tensão de saída e aqueles que não produzem tensão de saída. Estes eram chamados transdutores ativos e transdutores passivos. O transdutor que você vê no circuito da Figura 1 é passivo, isto é, ele não produz uma tensão de saída. De fato, é um resistor sensível à temperatura chamado termistor. Quando a temperatura na área aquecida muda, a resistência do termistor muda.

Uma fonte externa de alimentação de corrente contínua é necessária para converter as alterações da resistência do termistor nas alterações da tensão, fornecidas para o amplificador. Urna tensão continua de alimentação é também necessária para operar os circuitos do amplificador. A Figura 2 mostra um outro exemplo de como o transdutor pode :;er usado no sistema de comando. A finalidade do sistema é comandar a velocidade de um motor. Um tacômetro é usado como transdutor. Um tacômetro produz uma tensão que é proporcional à velocidade do motor. Um amplificador é necessário para aumentar a tensão de saída do tacômetro.

Figura 2

Existem duas tensões de entrada para o comparador. Uma é a tensão do amplificador do transdutor e a outra é uma tensão de referência. Se as duas tensões forem iguais, não existe saída do comparador para o circuito de comando e a velocidade do motor não é alterada. Se a velocidade do motor diminuir ou a saída do amplificador do transdutor for inferior à tensão de referência no comparador, isto produz uma tensão enviada ao circuito de comando que irá aumentar a velocidade do motor. Por outro lado, se a velocidade do motor exceder o valor permitido, a tensão de saída do amplificador do transdutor será maior do que a tensão de referência. Neste caso, a saída do comparador irá fazer com que o circuito de comando reduza a velocidade do motor para a velocidade correta.

Os circuitos das Figuras 1 e 2 possuem duas coisas muito importantes em comum. Em primeiro lugar, ambos usam transdutores. O transdutor sente o calor no circuito de comando da Figura 1 e o transdutor da Figura 2sente a velocidade mecânica do motor. Outra coisa que os dois circuitos têm em comum é que a saída do transdutor é usada indiretamente para controlar a energia de entrada no sistema sendo controlado. Na Figura 1a saída do transdutor controla a entrada de energia para o aquecedor. Na Figura 2 controla a tência para o motor. Os circuitos como aqueles indicados são chamados sistemas em circuito fechado.

Gostou do que viu? Compartilhe!