como-e-usado-um-transdutor-eletromagnetico

Um transdutor eletromagnético opera deslocando um campo magnético sobre um condutor. Não importa se o campo magnético é deslocado através do condutor ou se o condutor é deslocado através do campo magnético. Em ambos os casos haverá sempre uma tensão produzida.

O valor da tensão depende da velocidade com a qual o campo magnético desloca- se sobre o condutor. Depende também do número de condutores. Em outras palavras, deslocando dois condutores através de um campo magnético mais tensão será produzida de que deslocando um só condutor.

Você lembrará que um tacômetro é um transdutor usado para medir a velocidade do motor. A Figura 1 mostra um exemplo de um tacômetro eletromagnético. Dois ímãs permanentes são localizados numa roda de alumínio. Conforme cada ímã passa através da bobina, uma tensão é induzida. Isto porque o campo magnético está se deslocando sobre o condutor. O número de impulsos por minuto pode ser contado eletronicamente e dividido por dois (porque neste caso existem dois impulsos por revolução), e a velocidade em revoluções por minuto (r/min) pode ser indicado em display ou registrado. Dois ímãs são usados a fim de manter a roda balanceada.

Figura 1

Ao invés de usar uma fita perfurada, vista na Figura 3, alguns sistemas de controle eletrônico usam uma fita magnética. A Figura 2mostra como conseguir a informação através da fita magnética. Apesar de haver apenas uma cabeça indicada, seria prática comum usar Oito cabeças. Isto dará oito entradas. Observe também que existem oito entradas na fita perfurada da Figura 3.

Figura 2

 

A superfície da fita magnética é magnetizada em certos pontos ao longo do comprimento da fita. Os campos magnéticos nesta fita fazem o mesmo serviço que os furos na fita perfurada. A fita é deslocada contra a cabeça e, quando um ponto magnetizado passa no espaço de ar, o fluxo magnético desloca-se através do núcleo de ferro-doce. Este fluxo magnético corta a bobina em volta da cabeça e gera uma tensão na mesma.

A fita da Figura 2 é semelhante ao sistema usado com seus gravadores de fita em casa. Neste caso os campos magnéticos na fita são relacionados ao som ou voz ao invés de um código. E importante comparar os dois sistemas de fita nas Figuras 3 e 2. Existem apenas duas tensões de saída em cada sistema. Podem ser tensões O volt correspondente à não-existência de furo na fita perfurada ou não- existência de campo magnético na fita magnética, ou pode haver uma tensão da saída máxima, correspondente ao furo na fita perfurada ou a um ponto magnético na fita magnética. Portanto a saída pode ter apenas duas condições possíveis: tensão máxima ou tensão O volts. Não existem níveis diferentes de tensão, corno ‘você teria por exemplo numa fita para gravar música.

Figura 3