» » Como é usado um transformador para a seleção de frequências

Como é usado um transformador para a seleção de frequências

Em alguns circuitos é desejável passar uma freqüência ou gama de frequências de um ponto para outro e rejeitar todas as outras freqüências. Os transformadores são componentes ideais para esta finalidade, porque o primário e o secundário dos transformadores são indutâncias. Essas indutâncias podem ser sintonizadas com capacitores. A Figura 1 mostra o primário básico. Neste transformador existem 3 freqüências no primário: 1.000 kHz, 2.000 kHz e 3.000 kl-lz. Vamos supor que se deseja passar apenas o sinal de 2.000 kHz para o próximo estágio. Tanto o primário como o secundário do transformador são sintonizados para esta freqüência. Todas as frequências que não sejam de 2.000 kHz são rejeitadas, isto é, não são acopladas dentro do circuito secundário.

Figura 1

Existem variações dos circuitos de transformadores sintonizados. Em algumas aplicações somente o primário ou o secundário são sintonizados. As vezes os capacitores são fixos ao invés de serem variáveis e as indutâncias do primário ou do secundário são variáveis. A indutância geralmente é variada deslocando um núcleo de ferro em pó ou ferrite para dentro ou para fora das espiras do transformador.

Resumo

  1. Um transformador irá deixar passar uma tensão alternada do primário para o secundário, porém não irá deixar passar uma tensão contínua.
  2. Um transformador de isolamento é usado para proteger operadores e técnicos de um choque elétrico fatal.
  3. Um transformador pode ser usado para elevar ou abaixar a tensão. Quando a voltagem é elevada, a corrente do secundário é abaixada. Quando a tensão é abaixada, a corrente do secundário é elevada.
  4. Os transformadores são usados para combinar a impedância da carga com a do gerador; isto resulta na transferência máxima de potência.
  5. Um transformador pode sei sintonizado de modo a deixar passar apenas uma freqüência ou uma gama de freqüências e rejeitar todas as outras.

Gostou do que viu? Compartilhe!