Como funciona um retificador de onda completa

A Figura 1 mostra um circuito para um retificador de onda completa. Esse tipo de circuito retificador deve ser usado com um transformador. O transformador é necessário para dividir a fase de modo que cada diodo (D1 e D2) conduzirá durante um meio ciclo.

No primeiro meio ciclo o ponto a é positivo e o ponto b negativo, O centro igualiza as tensões positivas e negativas. Vamos supor que o ponto a seja positivo e o ponto b negativo. As setas cheias mostram o caminho do fluxo da corrente de elétrons. O diodo D2 não está conduzindo eletricidade durante esse período por causa da tensão negativa sobre seu anodo.

Figura 1

No segundo meio ciclo o ponto b é positivo e o ponto a é negativo. O diodo D1 está desligado com a tensão negativa em seu anodo. O caminho de condução durante esse meio ciclo está indicado pelas setas pontilhadas. As setas mostram que a corrente de elétrons flui na mesma direção através de Rh quando D1 ou D2 estiver conduzindo.

A forma das ondas da tensão de entrada e saída do circuito retificador de onda completa é mostrada no desenho. As áreas achuriadas são para as ondas quando D1 conduz. Observe que a onda de saída cai para zero somente durante um instante na ocasião de um ciclo completo de fornecimento de energia. Existe também uma tensão de saída para ambos os meios ciclos de entrada. Em muitos circuitos isso é uma vantagem sobre a fonte de alimentação de meia onda, indicada na Figura 2.

Figura 2