» » Fonte de alimentação com controle de toque

Fonte de alimentação com controle de toque

Está fonte de alimentação fornece uma saída variável de 0 a 20 V aproximadamente. Ajustada pelo toque de dois sensores A corrente máxima de saída é fixada em 2A. A saída possui proteção contra curto-circuito e ainda um alerta sonoro-luminoso para avisar o operador .
O controle da tensão de saída é feito por um amplificador operacional com FET do tipo CA3140 e um transistor de potência, tendo como referência a tensão do capacitor C5 que pode ser carregado pelo toque dos dedos do operador nos sensores metálicos X1 e X2 respectivamente. Este capacitor deve ser de boa qualidade para não apresentar fugas, mantendo assim a tensão por longos intervalos de tempo, pois a elevadíssima impedância de entrada do operacional impede que a carga se escoe. Para a proteção contra curto circuito utiliza-se o SCR1 que, ativado, aciona o relé K1, desconectando a carga de saída. O capacitor C6, na comporta do SCR, evita que ele dispare com variações rápidas de corrente de saída ou com ruídos na linha de alimentação. Na ocorrência de curto-circuito é autorizado o funcionamento do alarme formado pelas portas NOR do integrado Cl-3. O sinal gerado é amplificado pelo transistor Q2 e entregue ao led e ao alto-falante quando se tem, ao mesmo tempo, o som reproduzido no alto-falante (BIP-BIP) e o acionamento do led. O interruptor de pressão duplo (S3) é usado para “zerar” a fonte já que ele, simultaneamente, desaciona o relé e anula a tensão de referência.
Para a montagem não se deve esquecer a necessidade de um bom disparador de calor para o transistor Q1 e o aterramento do núcleo e carcaça do transformador que contribui para eliminação de roncos. Os capacitores eletrolíticos são para 25 V, exceto C1 que deve ter uma tensão de trabalho de 34 ou 40 V. Os demais capacitores são poliéster. Os resistores são de 1/8 W, Exceto R9, que deve ter uma dissipação de 2 ou 5 W. Os sensores X1 e X2 podem ser construídos com pequenas chapas de metal ou placas de circuito impresso. Na monitoração da tensão de saída utiliza-se um voltímetro ou multímetro na escala de tensão DC.

Gostou do que viu? Compartilhe!