» » Gravador leitor de eproms 2716

Gravador leitor de eproms 2716

Este programador /leitor de EPROMs do tipo 2716 tem uma simplicidade que facilita sua operação e montagem tanto por leitoras experientes como também pelos estudantes que não disponham de tenta pratico no manuseio de equipamento digitais.

Na figura 1 mostramos a fonte de alimentação do gravador  O circuito do gravador/ leitor de EPROMs propriamente dito é mostrado na figura 2.

Resulta em 49,8 ms e depois reseta-lo pelos pinos 4 e 10, esperando assim seu funcionamento é o seguinte:

Cl-1 (4020) e Cl-2 (555) são responsáveis pela contagem dos endereços da memória 2718. já os pulsos de programação são fornecido pelo Cls 3, 4 e 5. Esses pulsos são necessários, para que o 2716 armazene os dados programados na chaves HH de S6 a S13. A duração dos é de 50 ns e eles são injetados no pino 18 da memória 2719.

Até que a chave S4 seja novamente pressionada.

Quando a chave é pressionada,  o Cl-3 mantém o seu pino 13 no nível lógico 1, controlado pelo 4017 que recebe em seu pino de clock os 60 Hz digitalizados pelo 4093. o 4017 está ligado de tal forma que ela só conta até 3, pois a quarta saída está ligado ao pino de reset (pino 15). Sabendo-se que os pulsos de 60 Hz tem duração de 16,6 ms, o 4017 vai “segurar” o 4013 ligado durante 3 ciclos de clock, o que em relação aos ponto A e L assinalados no circuito, eles servem para ligação dos LEDs que permitem a monitoração dos pulsos contado pelo 4020.

Para utilizar o gravador é muito simples: programe os bits D0 e D7 do 2716 nas chaves S6 a S13. Feito isso, pressione a chave S4 para gravar, após S1 para incrementar o próximo endereço a ser programado e assim por diante. Para ler a memória, coloque a chave S3 na posição AUTO e S5 na posição leitura. È possível monitorar a leitura através dos LEDs 1 a 8, porém nada impede que em seu lugar seja utilizado um conector, para ser ligado no aparelho em que a memória será usada. Se for conveniente o resistor R1 pode ser substituído por um potenciômetro. As chaves na (S1, S2 e S4) devem ser de boa qualidade evitar repiques e o fio que conduz os 60 Hz da fonte ao circuito devem ser blindado.

Gostou do que viu? Compartilhe!