Quantidade Ideal de Tomadas em uma Casa

Para saber exatamente quantas tomadas devem ter uma casa e como elas devem ser distribuídas deve-se levar em conta a previsão de cargas, ou seja, um levantamento de quantos equipamentos elétricos serão usados em toda a instalação finalizada e o quanto de carga elétrica esses equipamentos vão exigir.

É preciso levar em conta também que a demanda de eletricidade aumente com o tempo, por isso o ideal é deixar margens para ampliações da rede elétrica.

Quantidade de Tomadas por Cômodos ou Perímetro

Segundo a Norma Brasileira 5410, que trata da questão das instalações elétricas de baixa tensão, há parâmetros a serem seguidos quando se trata da distribuição das tomadas elétricas, e isso irá variar de acordo com o tipo de cômodo (banheiro, cozinha, quarto, área de serviço, etc), e os metros quadrados de cada um deles. Os critérios adotados são:

  • Uma tomada é obrigatória nos seguintes casos: em cômodos e áreas com até 6 m²; a cada 5 m de perímetro (soma dos lados das paredes) no caso de cômodos ou ambientes com mais de 6m²; em banheiros a tomada deve ser instalada próxima à pia e em altura mediana;
  • Em cozinhas ou copas, é obrigatório uma tomada para cada 3,5 m de perímetro. Em cima de bancadas de 30 cm ou mais, deverá ser instalada ao menos uma tomada;
  • Em garagens, varandas, sótãos ou subsolos, uma tomada apenas é obrigatória.

Previsão de Interruptores por Cômodo

Em relação aos interruptores de luz, é obrigatório que cada cômodo possua, ao menos, um interruptor ligado ao ponto fixo no teto.  Em espaços externos ou menores a luminária poderá ser instalada na parede.