Rádio corsário de transmissão de fm

Eis um potente transmissor de FM com etapa de saída Push-Pull, usando transistores comuns e que fornece uma saída de aproximadamente 5 W.
Os transistores usados são próprios para RF, de modo que, num lote podem ocorrer os que se negam a oscilar, caso em que deve ser feita a troca.

O circuito é alimentado por fonte de 12 V com pelo menos 2 A.
L1 consta de 3 + 3 espiras de fio 22 com diâmetro de 1 cm sem núcleo e L2 é formada por 2 ou 3 espiras do mesmo fio sobre L1.
Os choques JAF1 e JAF2 são formandos por 10 espiras de fio 28 num bastão de ferrite de aproximadamente 3 mm de diâmetro. A bobina tanque de saída  é formada por 10  de fio 22 em forma de 8 mm de diâmetro sem núcleo.
Os trimmers CV1 e CV2 devem ajustados para máxima potência de saída e são de 3-30 pF. L4 é formada por 3 espiras de fio 22 em forma de 8mm sem núcleo.
CV3 é o trimmers de ajuste de de acoplamento da antena e deve ser de 3-30 pF.
Seu ajuste é feito com antena escolhida conectada a saída de modo a haver o Maximo de rendimento.
A modulação é feita por varicap e a fixação de freqüência de operação por meio de P1.
A entrada de áudio é feita via etapa de pré-amplificação com um transistor BC549 ou equivalente.
O potenciômetro de 2,2 Mº ajusta o nível de modulação.
Os transistores BD135 devem ser montados em radiadores de calor e os capacitores das etapas de RF são todos cerâmicos. Lembramos que a operação deste tipo de aparelho está sujeita a regras estabelecidas por lei, e que o autor e a revista, não se responsabilizam por seu uso indevido.
O autor também recomenda o uso de uma antena piano-terra para maior rendimento e de um potenciômetro multi-voltas para P1 para uma sintonia melhor.