Como funciona uma ponte em corrente alternada

Ao invés de usar uma tensão contínua para operar um circuito de ponte, você pode usar uma tensão em corrente alternada, conforme indicado na Figura 1. Quando urna tensão em corrente alternada for usada, os braços das pontes podem ser resistências, capacitâncias ou impedâncias. Na Figura 1, um transdutor capacitivo é usado para medir o nível de um líquido. Este transdutor é semelhante ao indicado na Figura 1b.

 Ele é ligado num dos braços da ponte de corrente alternada. O capacitor variável C2 é ligado em outro braço. A teoria básica de operação continua a mesma. Se a ponte estiver balanceada, não haverá tensão alternada de saída e. Vamos supor que essa é a condição quando o tanque estiver cheio. Conforme o tanque começa a esvaziar-se, a capacitância de C1 muda. Isso faz com que a ponte se torne desbalanceada e produza uma alteração na tensão de saída e.

Figura 1

A tensão de saída pode ser usada no circuito de controle para enchimento do tanque, ou com um medidor calibrado para mostrar qual a quantidade de líquido no tanque.

Resumo

  1. Uma ponte de Wheatstone pode ser usada para medir um valor desconhecido de resistência.
  2. O circuito da ponte de Wheatstone pode também ser usado como um circuito de saída de um transdutor.
  3. Uma das vantagens de usar a ponte de Wheatsione para um transdutor é que a tensão de saída não está afetada por mudanças na tensão de alimentação.
  4. Com o circuito da ponte de Wheatstone pode ser usada uma tensão de alimentação contínua ou alternada.
  5. Se transdutores capacitivos ou indutivos forem usados corno um dos braços da ponte, a tensão da alimentação deve ser alternada.