Para que são usados os capacitores

Os capacitores podem ser definidos de duas maneiras. São componentes que armazenam energia na forma de um campo eletrostático. Também são componentes que resistem a qualquer mudança de tensão sobre seus terminais. Estas duas definições descrevem, na realidade, os principais usos dos capacitores em circuitos isto é, armazenar energia e opor-se a alterações da tensão.

 Duas outras aplicações importantes dos capacitores são de deixar passar freqüências elevadas, opondo-se. ao mesmo tempo, à passagem de baixas freqüências e dedividir uma tensão. A Figura abaixo mostra exemplos de aplicações de capacitores.

A Figura a mostra um circuito de filtro simples. Nesta aplicação a tensão de entrada é uma tensão pulsante contínua. Apesar da tensão de entrada variar de zero até o máximo, a tensão de saída é mantida a um valor continuo quase constante. A função do capacitor nesta aplicação é armazenar energia da onda de entrada e liberar esta energia para a saída, conforme necessário.

Uma outra maneira de olhar o circuito da Figura a é dizer que o capacitor C opõe-se a qualquer mudança da tensão sobre seus terminais. Portanto, apesar da tensão de entrada ser variável, a tensão de saída é mantida a um valor bastante constante.

A Figura b mostra como um capacitor pode ser usado para deixar passar freqüências elevadas e rejeitar baixas freqüências. Nesta aplicação, a baixa freqüência é uma tensão contínua, com freqüência de O hertz (Fiz). A tensão aplicada ao circuito consiste de um gerador de corrente alternada em série com uma bateria. Deseja-se passar o sinal do gerador de corrente alternada para os terminais de saída e ao mesmo tempo impedir a passagem da tensão continua. Ambas as tensões são desenvolvidas sobre R1. O capacitor C irá deixar passar a tensão alternada, porém não pode deixar passar a tensão continua. Daí, a tensão desenvolvida sobre R2 e, portanto, a tensão do sinal de saída consiste apenas de tensão alternada. Este tipo de circuito é usado para acoplar sinais entre amplificadores.

A Figura c mostra como dois capacitores podem ser usados como divisores de tensão. Observe que C1 possui uma capacitância menor [(0,01 microfarad (pµ F)] do que C2  (0,1 microfarad). Os dois capacitores são ligados em série sobre uma fonte de tensão alternada. Como você pode ver a ilustração, a maior queda de tensão ocorre sobre o capacitor menor. Isto é um ponto importante a lembrar. Quanto maior o capacitor, menor a queda de tensão sobre o mesmo. Isto é sempre certo, quer a tensão aplicada seja alternada ou contínua.